Breaking News

Incrível 😱: Família encerra velório e leva cadáver a hospital após pastor dizer que estava vivo.

Família encerra velório e leva cadáver a hospital após pastor dizer que estava vivo
Após médicos do Hospital Municipal de Itaetê, na região da Chapada Diamantina, terem confirmado o óbito de uma garota de um ano de 10 meses, a família voltou ao centro de saúde com o cadáver. O caso aconteceu na madrugada de quinta-feira (25), 

O corpo da garota já estava sendo velado por familiares, mas foi levado de volta ao hospital depois que um pastor evangélico disse à família que a criança estaria viva.

De acordo com informações da unidade de saúde, a criança chegou ao hospital já sem sinais vitais. A equipe médica tentou reanimar a garota por cerca de 30 minutos, e o óbito foi confirmado pelo médico de plantão.

A família seguiu com os procedimentos do funeral durante a madrugada, porém, segundo a prefeitura, durante a cerimônia, parentes da menina procuraram uma unidade de saúde da família informando que o pastor tinha tido uma revelação e que disse a eles que a criança estaria viva, mesmo após os profissionais do posto de saúde atestarem que a criança não tinha sinais vitais.

O pastor Reginaldo, da Igreja Nação Apostólica Templo dos Milagres, que não reside em Itaetê, afirmou que foi procurado pela avó da criança, que pediu para que ele orasse por ela.

"Após eles pedirem pra que eu orasse em favor da família, em favor da menina, eu orei, fiz oração e falei 'olha, avisa pra mãe da menina que eles se precipitaram, porque durante a oração eu ouvi choros e gemidos, e essa menina ela não está morta. A menina está viva ainda", relatou.

Depois que a família retirou o corpo da menina do funeral, afirma o pastor, ao telefone, ele pediu para que um familiar colocasse a mão no peito da criança.

Segundo o religioso, a pessoa teria relatado sinais vitais da menina. No IML de Itaberaba, no entanto, a morte foi confirmada.
A Polícia Civil informou que recebeu relatos dos familiares de que a criança teria se movido durante o velório. A ocorrência foi registrada na Delegacia Territorial de Itaberaba e foi encaminhado à unidade de Itaetê, que irá apurar o caso.
Por Betonews fonte,Portal da feira.

Nenhum comentário